terça-feira, 27 de maio de 2014

Aos dois anos...

Este pensamento nāo me larga...o tempo está a passar e eu nāo te estou a aproveitar!


With love! Sejam felizes!

terça-feira, 13 de maio de 2014

Quando as empresas não se mexem!

Pois, é isto que tenho a dizer! Ou melhor não são as empresas, mas sim as pessoas que trabalham nelas! É certo que não posso generalizar, mas enquanto que algumas pequenas empresas se esfalfam para trabalhar e arranjar clientes, tem outras que os clientes lhes entram pela porta dentro e os mesmos não lhes dão valor. Pois bem, basicamente preciso de uma licença de habitabilidade de uma habitação que infelizmente herdamos em Portugal. Posto isto, após diversos telefonemas para a Câmara, dos quais vos digo que fora dos mais surreais!, lá concluí que precisava de falar com os engenheiros e assim pedir essa bem dita licença. E como tudo é feito na base do orçamento, pedi a três diferentes empresas exactamente o mesmo serviço, há precisamente um mês. Quem me respondeu? NENHUMA! Pressionei de todas as maneiras, telefonemas e emails, e todos me dizem que amanhã enviamos a resposta; ou sabe foi o 25 de abril ou 1 de maio, ou o feriado da cidade! Bolas!!! Mas, porque prometem e não cumprem? Sou uma potencial cliente a querer dar-vos trabalho o que significa dinheiro a entrar na vossa empresa!!! Juro que não entendo esta falta de profissionalismo! Se há um prazo para responder e se não cumprem o mesmo sejam dignos a marcar uma segunda entrega e cumpram-na! Das empresas a que pedi os referidos orçamentos obti o melhor feedback pela internet ou conhecidos que trabalharam com as mesmas, mas mesmo assim lá fui uma vítima de feriados e festejos, que acabam por fechar empresas durante 15 dias! Sim, estou super chateada!

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Thoughts

"A woman is like a tea bag- you never know how strong she is until she gets in hot water!" - Eleanor Roosevelt

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Sou uma velha!!!!!!!! :)

Numa daquelas pesquisas aleatórias do YouTube, assisti a um vídeo que literalmente me foi segredando baixinho durante os 7 minutos do mesmo que eu SOU UMA VELHA! Sim eu com 29 anos, sou da idade da pedra! Basicamente o vídeo, é sobre a reacção dos miúdos de hoje ao walkman! Lembram-se?! Aquela coisa, que colocávamos uma cassete e plim! dava música!!! Que emoção, quando eu recebi o meu! Gravava as cassetes de música directamente do rádio, muito atenta para parar a gravação quando o locutor começava a falar! Meu Deus... coisas do arco da velha!! Assistam ao vídeo que vale bem a pena. 



sábado, 3 de maio de 2014

Desafio: Berra-me baixo!

Nos últimos tempos dei por mim a pesquisar sobre diversos métodos ou perpectivas de como transmitir a uma criança as diferentes regras do certo e do errado. A dúvida se o que estamos a fazer é o mais correcto é avassalador. Acredito profundamente que as crianças são produto do meio onde estão inseridos, mas nem tudo é assim tão linear. Numa dessas pesquisas dei de cara com uma página super interessante. Uma página que apresenta um desafio: "Berra-me baixo!". Ora bem, se há aquelas alturas que literalmente os nossos filhos nos levam ao extremo e ao qual em seguida damos dois valentes berros à espera que eles acatem sem mais demora a nossa ordem, eis o desafio, quando vos der essa vontade: falem baixo, ou berrem baixo! Achei super inspirador e interessante, quam tem filhos sabe que há alturas que eles são capazes de tocar ali naquele pontinho que numa fracção de segundos parecemos umas loucas aos berros com os nossos mais que tudos. Pois bem mães e pais e se identificam, têm aqui um bom desafio, durante um mês berrem baixo! Impossível? Não sei, depois vos conto :) 

Para já deixo aqui o link da página que amei: http://www.35.mktid2.com/v/1Xe7bIjeiW1e-c19d8cb-7 e trancrevo da mesma algumas regras de ouro para este desafio. 

"Desafio Berra-me Baixo [As Regras]
1.A ideia deste desafio não é deixar de gritar. A ideia é provar que, no final do mês, conseguiste um super alto controlo, que te dominaste naquelas situações em que te passavas e mandavas dois valentes berros. A ideia é que estejas feliz contigo.

2.Um outro objectivo é eliminar a tua frase 'gostava de não gritar tanto'. A ideia é pôr-te a dizer 'já não grito como dantes! Que tótozice que isso era!'

3.A ideia deste desafio é provar-te que educar miúdos não é fácil (disto não precisas de provas pois não?) e que não é porque gritamos mais ou menos que a coisa se torna mais fácil.

4.A ideia não é que fiques entupida aí dentro. Há uma ou outra situação em que te sai falar mais alto? Ok, siga!Da próxima vez fazes melhor, não te recrimines, please!

5. Perigo eminente? Grita, berra, salta e faz o pino!Mas vai lá e salva a criança!!"


Este site tem imensas coisas para explorar, façam uma visita! 

 

sexta-feira, 2 de maio de 2014

E o dia começa assim...

 
 
 
 
Sim esta hoje sou eu! Sou eu ao perceber que o meu filho de dois anos me fez um reset ao meu tablet! A minha ferramenta de trabalho! De quem é a culpa?! Pois é minha! Logo à noite lá vou ouvir o A* dizer: "Já te tinha avisado!"