terça-feira, 27 de maio de 2014

Aos dois anos...

Este pensamento nāo me larga...o tempo está a passar e eu nāo te estou a aproveitar!


With love! Sejam felizes!

terça-feira, 13 de maio de 2014

Quando as empresas não se mexem!

Pois, é isto que tenho a dizer! Ou melhor não são as empresas, mas sim as pessoas que trabalham nelas! É certo que não posso generalizar, mas enquanto que algumas pequenas empresas se esfalfam para trabalhar e arranjar clientes, tem outras que os clientes lhes entram pela porta dentro e os mesmos não lhes dão valor. Pois bem, basicamente preciso de uma licença de habitabilidade de uma habitação que infelizmente herdamos em Portugal. Posto isto, após diversos telefonemas para a Câmara, dos quais vos digo que fora dos mais surreais!, lá concluí que precisava de falar com os engenheiros e assim pedir essa bem dita licença. E como tudo é feito na base do orçamento, pedi a três diferentes empresas exactamente o mesmo serviço, há precisamente um mês. Quem me respondeu? NENHUMA! Pressionei de todas as maneiras, telefonemas e emails, e todos me dizem que amanhã enviamos a resposta; ou sabe foi o 25 de abril ou 1 de maio, ou o feriado da cidade! Bolas!!! Mas, porque prometem e não cumprem? Sou uma potencial cliente a querer dar-vos trabalho o que significa dinheiro a entrar na vossa empresa!!! Juro que não entendo esta falta de profissionalismo! Se há um prazo para responder e se não cumprem o mesmo sejam dignos a marcar uma segunda entrega e cumpram-na! Das empresas a que pedi os referidos orçamentos obti o melhor feedback pela internet ou conhecidos que trabalharam com as mesmas, mas mesmo assim lá fui uma vítima de feriados e festejos, que acabam por fechar empresas durante 15 dias! Sim, estou super chateada!

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Thoughts

"A woman is like a tea bag- you never know how strong she is until she gets in hot water!" - Eleanor Roosevelt

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Sou uma velha!!!!!!!! :)

Numa daquelas pesquisas aleatórias do YouTube, assisti a um vídeo que literalmente me foi segredando baixinho durante os 7 minutos do mesmo que eu SOU UMA VELHA! Sim eu com 29 anos, sou da idade da pedra! Basicamente o vídeo, é sobre a reacção dos miúdos de hoje ao walkman! Lembram-se?! Aquela coisa, que colocávamos uma cassete e plim! dava música!!! Que emoção, quando eu recebi o meu! Gravava as cassetes de música directamente do rádio, muito atenta para parar a gravação quando o locutor começava a falar! Meu Deus... coisas do arco da velha!! Assistam ao vídeo que vale bem a pena. 



sábado, 3 de maio de 2014

Desafio: Berra-me baixo!

Nos últimos tempos dei por mim a pesquisar sobre diversos métodos ou perpectivas de como transmitir a uma criança as diferentes regras do certo e do errado. A dúvida se o que estamos a fazer é o mais correcto é avassalador. Acredito profundamente que as crianças são produto do meio onde estão inseridos, mas nem tudo é assim tão linear. Numa dessas pesquisas dei de cara com uma página super interessante. Uma página que apresenta um desafio: "Berra-me baixo!". Ora bem, se há aquelas alturas que literalmente os nossos filhos nos levam ao extremo e ao qual em seguida damos dois valentes berros à espera que eles acatem sem mais demora a nossa ordem, eis o desafio, quando vos der essa vontade: falem baixo, ou berrem baixo! Achei super inspirador e interessante, quam tem filhos sabe que há alturas que eles são capazes de tocar ali naquele pontinho que numa fracção de segundos parecemos umas loucas aos berros com os nossos mais que tudos. Pois bem mães e pais e se identificam, têm aqui um bom desafio, durante um mês berrem baixo! Impossível? Não sei, depois vos conto :) 

Para já deixo aqui o link da página que amei: http://www.35.mktid2.com/v/1Xe7bIjeiW1e-c19d8cb-7 e trancrevo da mesma algumas regras de ouro para este desafio. 

"Desafio Berra-me Baixo [As Regras]
1.A ideia deste desafio não é deixar de gritar. A ideia é provar que, no final do mês, conseguiste um super alto controlo, que te dominaste naquelas situações em que te passavas e mandavas dois valentes berros. A ideia é que estejas feliz contigo.

2.Um outro objectivo é eliminar a tua frase 'gostava de não gritar tanto'. A ideia é pôr-te a dizer 'já não grito como dantes! Que tótozice que isso era!'

3.A ideia deste desafio é provar-te que educar miúdos não é fácil (disto não precisas de provas pois não?) e que não é porque gritamos mais ou menos que a coisa se torna mais fácil.

4.A ideia não é que fiques entupida aí dentro. Há uma ou outra situação em que te sai falar mais alto? Ok, siga!Da próxima vez fazes melhor, não te recrimines, please!

5. Perigo eminente? Grita, berra, salta e faz o pino!Mas vai lá e salva a criança!!"


Este site tem imensas coisas para explorar, façam uma visita! 

 

sexta-feira, 2 de maio de 2014

E o dia começa assim...

 
 
 
 
Sim esta hoje sou eu! Sou eu ao perceber que o meu filho de dois anos me fez um reset ao meu tablet! A minha ferramenta de trabalho! De quem é a culpa?! Pois é minha! Logo à noite lá vou ouvir o A* dizer: "Já te tinha avisado!"

sábado, 26 de abril de 2014

Que alguém me explique...

Hoje foi dia de tratar de mim... deixar o puto com uma amiga e rumar ao salão de beleza, porque sim eu também mereço. Estes dias foram tão atarefados, que precisava nem que fosse de uma hora a olhar para as revistas cor de rosa e pensar em banalidades. 

Como em qualquer salão de cabeleireiro, mesmo de outro país tem toda a panóplia de vernizes, cremes, tintas e acessórios para venda e assim satisfazer todos os caprichos das suas clientes. Mas com esta oferta é que eu não esperava, juro! Ao meu lado um expositor com vários exemplares e passo a transcrever "Kitty Carpet Pubic Wig", sim leram bem: uma peruca para os pêlos púbicos! Desculpem a minha admiração e principalmente falta de cultura neste aspecto.

Perante a minha cara de incredulidade, do que estava a ler, o John meu cabeleireiro riu-se e explicou-me para o que era, detalhadamente! 
Deixo o link onde se pode comprar bem como a imagem do produto bem como a descrição do mesmo, e pasmem-se: este produto foi pensado nas mulheres!

http://www.shopinprivate.com/kitty-carpet-merkin-blonde.html


"Ever find yourself in the rare situation where your lack of pubic hair became an embarrassment instead of a hard-earned achievement? The Kitty Carpet can help you solve this unique problem. Kitty Carpet is a soft, adhesive merkin that fits over your pubic area to supply you with pubic hair when you need it most.

Going to the beach with your grandmother? Dating an Amish guy? Filming a nude scene in a 1920s period piece? The Kitty Carpet can give back a piece of what nature intended you to have.

Or maybe your carpet just doesn't match the drapes. That's one of the reasons the Kitty Carpet is available in Black, Blonde and Pink.

Cover your lady bits with a Kitty Carpet in any situation where you don't want to show the full monty. Just cut the carpet to your desired size and shape, and use the included skin-safe adhesive to stick it to your kitty.
"


sexta-feira, 18 de abril de 2014

Este ano vai ser diferente...

Se nos outros anos da minha vida, passava a Páscoa com a minha família, este ano vai ser deveras diferente. É certo que no outros anos arrastava-me, quase contrariada, para casa dos meus pais e assim cumprir mais um ano de abrir a porta ao Sr. Padre e beijar a cruz, comer até não poder mais e ficar ali a domingar. Este ano, com a família longe, não sei se sinto falta, mas já dei por mim a pensar umas quantas vezes, que este ano vai ser diferente. Diferente, porque não estamos com quem normalmente costumamos estar todos os anos da nossa vida.

Aqui em UK, o espírito pascoal já existe há um tempo. As lojas aderiram às montras com coelhinhos e ovinhos. Os miúdos como estão de férias decorre na cidade uma parafernália de actividades com o tema principal a Páscoa, destaco a actividade de caçar os ovos pintados e decorados pelos miúdos. Não deixa de dar cor e vida à cidade. Ah! Quase que me esquecia, e é claro que mais uma festividade é motivo para se comprar um cartão a desejar uma boa Páscoa a todos os nossos amigos e conhecidos. É algo que sinceramente ainda me estou a habituar. Existem lojas só com estes cartões, ora troca-se de casa oferece-se cartão, faz-se anos e levas mais um, o que sinceramente não deixa de ser engraçado. 

Um óptima Páscoa a todos e desfrutem de quem está ao vosso lado! 

Sejam felizes.


quarta-feira, 16 de abril de 2014

As amizades distantes

Sempre tive a noção, que na minha vida tive muita gente ao meu redor, mas poucas pessoas das quais considero meus amigos. Amigos, daquelas pessoas que podemos contar de olhos fechados e que estão ali sempre à nossa espera acontença o que acontecer. Hoje fiquei triste, magoada e até ressentida. Mais uma amizade (ou possível) se foi embora, sem dar aviso prévio, bateu a porta. As pessoas desiludem-nos, nós acreditamos, entregamo-nos e quando menos se espera lá levantam o seu bilhete de ida sem volta. 

Apesar da distância tento sempre manter o contacto com as pessoas que me são queridas. Hoje em dia, com as novas tecnologias é tudo tão fácil, o que custa uma mensagem só a perguntar se está tudo bem? Mas, quando mandamos diversas mensagens sem retorno, é normal que fiquemos preocupados quando não obtemos resposta, e aí telefonamos. Ora e é aí que o nosso coração ou sossega ou sangra. O meu sangrou, levei com um resmungo do outro lado e uma insinuação que estou na boa vida de emigrante. 

Hoje levo-me a perguntar o porquê? Sou eu, são as pessoas ou é da minha pouca sorte neste âmbito? Faço-me de forte e digo para mim mesma, que o caminho é para a frente e que disto tudo se tiram lições importantes e que não fazemos duas vezes o mesmo erro. Talvez se disser muitas vezes, o meu intímo mude. A distância do nosso país além de todas as outras coisas que sentimos saudades, o que nos falta são as relações, as amizades, o calor das reuniões de pessoas que sempre estiveram connosco. Agora estamos neste processo, encontrar e adaptarmo-nos a novas pessoas e esperemos a novas amizades. :) 
Sejam felizes.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Frase do mês

"Daqui a alguns anos você estará mais arrependido pelas coisas que não fez do que pelas que fez. Então solte suas amarras. Afaste-se do porto seguro. Agarre o vento em suas velas. Explore. Sonhe. Descubra." (Mark Twain)

 Seja feliz :)

domingo, 6 de abril de 2014

Desabafo

Questiono-me diversas vezes se eu estou a ser uma boa mãe... Se faço o correcto, se protejo de mais ou de menos, se devia insistir para ele comer ou não... Ufa! Tanta coisa! Muitas interrogações, muitas dúvidas para quando se quer transformar aquele pequeno ser numa pessoa fantástica, feliz e com bons princípios. Educar é amar e eu amo mais do que nunca este pequeno grande presente que tive quase há dois anos. Com dois anos os famosos "terribel two", já começaram as traquinices, o medir da nossa paciência, o experimentar, desobedecer e outras coisas mais. E como consequência disso apanhei os meus primeiros sustos, há três semanas atrás o meu pequenino partiu o cotovelo. Fiquei apavorada, lá fizemos uma visita ao hospital para depois numa conversa com o médico ele descansou-me e disse que aquilo "É normal, eles pulam, brincam e caem!" Simples as palavras mas explicar isto ao nosso coração de pais é muito complicado... ficamos com a noção de que nada somos, quando aquilo que mais amamos está ali a chorar e a sofrer. 

Hoje foi mais um dia de coração nas mãos, o pequeno petiz a dançar lá caiu (outra vez) e na sua testa lá nasceu um galito...ao falar com a avó ao telefone, como fazemos todos os dias lá lhe contei o que tinha acontecido. E é nestas alturas que me sinto a pessoa mais inútil e pequena do mundo... o comentário que ouvi do outro lado foi "Voçes têm de ter cuidado! Qualquer dia podem tirar-vos a criança! Tantos acidentes!" Ói!! Tirar? Mas isto está tudo louco! E os disparates continuaram "Ontem vi a fotografia que mandaste, tu quando saires com ele à rua coloca-lhe um barruço! Cortaram o cabelo muito curto! Que horror!" Cortamos o cabelo ao pequenito um pouco mais curto que o normal, mas acho que não é o fim do mundo... as minhas respostas a isto lá foi dar uma desculpa e desligar esta chamada rápidamente. E é aqui que me sinto a pior mãe do mundo em que o meu trabalho primordial que é cuidar deste ser não está a ser a 100%! E claro que há sempre comparações com os outros netos, ora porque ele começou a andar com x meses ou a falar e o meu filho foi mais tarde, blá blá. Não sou contra a este tipo de comparações mas há maneiras e maneiras de as dizer.

Hoje foi assim o começo da minha manhã! E sem eu querer este assunto vai ficar insistentemente na minha mente a martelar, até chegar o meu amor mais velho e me abraçar e dizer que estamos a fazer um bom trabalho e que o nosso filho está feliz, que não temos nenhuma cartilha para ler de como educar o nosso filho, mas que temos amor para dar e vender e que somos felizes!

quinta-feira, 3 de abril de 2014

The Good Wife

Uma série que me faz vibrar do ínicio ao fim, um episódio uma vez por semana, o que chega a ser uma tortura, porque fico anciosa por saber o que vem aí a seguir. Para quem não segue a série, em poucas linhas trata-se de uma série emocionante, cativante e olhar para aquela mulher cheia de garra e que apesar de estar sempre muitíssimo bem vestida e com uma posição marcante, é uma mulher que também ama, chora e ri. Em UK vamos na 5ª temporada, e advinhem lá hoje é dia de mais um episódio! :)

Deixo-vos aqui um resumo feito pelo canal FOX Life:

"Alicia Florrick (Julianna Margulies) é uma esposa e mãe que reclama o controlo da sua vida pessoal e profissional depois de o seu marido, Peter (Chris Noth), estar envolvido num escândalo sexual e de corrupção política. Voltando ao mundo do trabalho, ela consegue emprego numa das mais importantes empresas de advogados de Chicago tendo ultrapassado o seu rival Cary Agos. Este, recentemente, voltou para a empresa depois de ter trabalhado como advogado do Estado e para Peter que acaba por ser reeleito depois de sua condenação ter caído por terra.
Há quatro anos como associada, a carreira de Alicia está a correr na perfeição e com a sua parceira Diane Lockhart expressando cada vez mais interesse em continuar a ser sua mentora. Apesar de Alicia pensar ter encontrado uma aliada em Kalinda, a investigadora enigmática da empresa, ela fica devastada ao saber que Kalinda teve um caso com Peter. Alicia separa-se de Peter e rapidamente começa um jogo de sedução com Will Gardner, o outro parceiro da empresa. Apesar da sua traição, Alicia tem sentimentos conflituosos em relação ao seu ex-marido, que se muda para a antiga casa de família com os seus filhos adolescentes, Zach e Grace, e lança uma campanha governamental com a ajuda do consultor de imagem Eli Gold. À medida que Alicia se adapta a todas as mudanças que acontecem em casa e no trabalho, ela continua a redefinir e redescobrir a mulher que sempre desejou ser."


quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Escolhas

"A vida é feita de escolhas!" Quem já não ouviu esta frase? Pois hoje, para mim é um desses dias... de escolhas. Mas, apesar de ser bom ter novidades (e então se forem boas, que venham elas!), o pior é não saber o que escolher. Opta-se pelo certo ou pelo incerto? Pelo coração ou razão? Pelo que nos faz feliz, ou pelo que tem de ser? Pois é... hoje é um dia de escolhas... e de aflições até saber o que fazer. Até tomar uma decisão fico assim nervosa, como uma miúda que pela primeira vez vai para a escola. Se eu soubesse o que vinha aí, levantar só um pouco do véu do meu futuro (seria tudo mais fácil, ou perderia tudo o encanto?). Assim que souber o que fazer, cá vos contarei de que se trata. Sejam felizes!! :)


Gente bonita!







 Gosto de ver gente bonita!







Frase do dia #10


terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Eu não existo!

É isso mesmo, eu não existo!! Passo a explicar: em UK existem diversos apoios que se podem pedir ao estado devido a termos uma criança. Fazendo uma analogia, é aquilo que chamamos de abono em Portugal dado pela Segurança Social. Desde setembro do ano passado fiz esse pedido, o valor que nos é atribuído difere consoante o nosso ordenado e algumas despesas. UK é conhecido pelos valores ótimos que nos dão, mas a verdade é que não sei dizer, porque ainda não recebi nada. Em Portugal não tive direito a nada, devido ao meu ordenado, inclusivamente quando fiz o pedido, escreveram-me a dizer e passo a transcrever :"está incluída no 4º escalão, tendo direito a 0 €". Achei que era uma piada, porque o meu ordenado não era nenhum milagre e tinha o meu companheiro desempregado. Aqui em UK, cumpro todos os requesitos para colocar os papéis e apesar de não ser nacionalidade inglesa, o governo dá apoios. Mas, o que acontece é que obviamente antes deles darem qualquer valor, têm de comprovar alguns factos tais como: se a nossa identidade é verdadeira, se realmente temos aquele filho que declaramos, moradas, ordenados e se recebemos qualquer valor do nosso pais de origem. É claro que eu compreendo perfeitamente, tentam evitar que exista fraude e assim o sistema funcionar bem como uma máquina oleada.
O contacto que o governo inglês tem feito com o do português tem sido exaustivo e disso não me posso queixar. Pois bem, Portugal apesar UK ter enviado toda a minha documentação diz que eu não existo nos registos do meu pais de origem! Fiz prova de tudo e mais alguma coisa, UK sabe que estou a dizer a verdade mas Portugal insiste em afirmar que não existo. Vejam bem a panóplia de documentos que eu já enviei: cerificado de nascimento, passaporte, cartão único, IRS, escritura de casa, documento de IMI das finanças e carta condução.Vou lembrar aos senhores portugueses que eles não se esquecem de me mandar as contas do IMI e IRS, aí eu já existo!!!

Porta dos fundos

Não sou muito de ver sketches, muito menos de os procurar no youtube. Mas, hoje apareceu-me uma publicidade deste grupo e lá cliquei. Assisti a uns quatro vídeos e não podia deixar de partilhar com todos vocês. O grupo chama-se Porta dos Fundos e fiquei fã! Deixo-vos aqui apenas uma amostra dos vídeos que podem assistir!




domingo, 16 de fevereiro de 2014

Reflexão!

"- O que te custou mais vender até hoje?
- A esperança. A esperança dói muito a ser vendida.
- Quanto custou?
- A sobrevivência. Tive de a dar em troca da sobrevivência.
- Sobreviver é o petróleo da alma.
- E do corpo. Tudo é feito para sobreviver.
- Queres sobreviver?
- Não. Racionalmente não. Se fosse eu a decidir não. Mas o instinto é quem mais ordena."
(...)
 
Pedro Chagas Freitas, in "Sexus Veritas"

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Neste dia se São Valentim!



Factos que dão que pensar neste dia:
"O telefone foi patenteado por Alexander Graham Bell no dia de São Valentim, em 1876. Em 2012, neste dia, foram enviadas em todo o mundo 230 milhões de mensagens escritas. Foi o ano em que registaram mais mensagens enviadas desde sempre. A maioria das pessoas também não sabe que o Dia de São Valentim foi banido na Arábia Saudita, ou que cerca de 10 mil milhões de euros são gastos neste dia em todo o mundo, e que 200 milhões de rosas são produzidas especialmente para esta data: 73% das rosas são compradas por homens." 

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

E quando nos tentam passar a perna...

Hoje senti-me roubada! É esta a palavra exacta! Roubada! Usurpada! Como todos sabem estou em UK e deixamos uma casa fechada em Portugal. Volto a repetir, fechada! Mas, como tudo temos contas que vêm todos os meses... e uma delas é a EDP. Temos o quadro desligado, e por esse motivo a contagem da luz é sempre a mesma... e faço-a todos os meses antes de ser emitida a factura. Este mês não foi excepção. Sem qualquer gasto de luz e fui presenteada com este valor a pagar.



Calculam a minha indignação... Telefonei para a linha de apoio e apesar de aquela empresa ter levado em conta a minha contagem, era aquela valor a pagar. Pedi que me explicasse como tal era possível até que a luz se fez na cabecinha da senhora que me estava a atender. Deu-me razão, anulou-me esta factura e informou-me que me seria enviado uma nova nos próximos dias. Voltei à carga e questionei outra vez o motivo para aquela disparidade, a única desculpa que me deram foi que deve ter sido o sistema. 

Juro que até gostava de conhecer este senhor, o sistema... porque qualquer coisa a culpa é sempre do sistema... Por isso aqui fica o alerta... analisem a vossa factura.


terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Porque é o mês do amor...

“Meu Senhor e Amado Marido:

Entrego-me a vós. A hora de minha morte se aproxima célere, e, sendo essa minha situação, o terno amor que vos dedico me obriga a, em poucas palavras, lembrar-vos da saúde e salvaguarda de vossa alma, que deveis colocar acima de todas as questões terrenas e antes do cuidado e gratificação do vosso próprio corpo, pelo bem da qual causastes a mim muitas dores e a vós próprio, muitas preocupações.”
 Carta de Catarina de Aragão para Henrique VIII

 Uma carta... uma simples carta, Ás vezes não são os presentes mais caros, mas sim os gestos mais singelos que nos fazem felizes. Não se esqueça de dizer o quanto gosta da pessoa que está ao seu lado... se está sozinha diga-o a sim mesma! :) Sejam felizes!

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Cinco anos...

Hoje eu e o A* fazemos cinco anos juntos...quando digo isto parece irreal. Cinco anos de companheirismo, amor, fidelidade, alegrias e até algumas tristezas, mas estamos juntos. Nunca pensei que fosse possível, encontrar o amor e permanecer nele. Cada um com o seu feitio, mas adaptamo-nos um ao outro...mas nunca perdendo a nossa identidade. Deste amor nasceu o nosso filho, o nosso maior projecto! Que venham mais cinco anos! Parabéns a nós! :-) 

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

...estranho é pouco

Toca o meu telefone. Uma colega de um trabalho anterior de Portugal. Perguntas para a frente para trás, coisas de circunstância, até que: 

"-Sabes, estava-te a ligar, para te dizer que estou em Inglaterra!"
"-Então, estás cá de férias?"
"-Não vim trabalhar, sabes como é... lá em Portugal não dava!"
"-Qual é a cidade onde estás?"
"-É pá não sei bem... vim de avião e uma amiga foi-me buscar... mas a minha filha não está a gostar..."
  
(Comecei a ficar confusa, seguiu-se mais conversa de circunstância, até que...)

"- Chegaste quando? Sabes que a adaptação ás vezes pode ser difícil mas vais ver que consegues."
"-Cheguei ontem... é pá mas não estou a aguentar, sabes não entendo nada do que me dizem e é tudo caro, e afinal não há assim tanto trabalho aqui!!"
"-Ás vezes para criar currículo tens de começar um pouco por baixo e depois vais conhecendo mais pessoas e consegues subir e assim treinas também a língua!"
"-Porra, para começar em baixo ficava em Portugal, não achas? Vim para ganhar dinheiro não vou ser escrava!"

Posto isto, resumi-me à minha insignificância. Mas, vou dar-vos um retrato desta pessoa: Trinta e poucos anos, não fala nem o mínimo de inglês, nunca estudou, nem sabe o nome da cidade onde se encontra no momento, e quer porque quer um emprego numa direcção de empresa ou então ser chefe de uma loja visto ter trabalhado durante anos como segunda responsável de uma loja em Portugal. Minha gente, deixo um conselho: quem quiser emigrar, primeiro que desça à terra! E não é que este telefonema me enervou?! 
 

...Quando o dia começa assim!

Nunca costumo adormecer, e quando eu digo nunca é mesmo nunca...até hoje! O meu filho é uma pontualidade a acordar todos os dias e a chamar por mim, a verdade seja dita. Mas, até hoje a minha cria foi embalada pelos anjinhos que também não acordou. Resultado, 45 minutos atrasados para a childminder e mói 1h15minutos atrasada para o meu emprego! Não fossem estes britânicos conhecidos pela sua pontualidade, estava eu mais ou menos descansada... Bom dia a todos (melhor que o meu, espero!!)!

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Ama vs Childminder

Hoje ao ver a TVI, o programa da manhã o tema final do programa era como escolher uma ama. Falaram de alguns casos mais mediáticos de maus tratos, algo que choca sempre qualquer pessoa. Por essa razão resolvi escrever um pouco a minha experiência aqui em UK. 

Em Portugal o meu filho andava numa creche, logo aqui queria que ele fizesse o mesmo, e até para o ajudar na integração com outras crianças e na aprendizagem da língua. Fiquei gélida só de ver os preços e horários. Em média geral, na zona onde eu vivo cobram cerca de 5£ à hora, fraldas, creme, toalhitas e almoço não se encontram incluídos. Em média cada creche tem várias sessões: todos os dias da semana, apenas de manhã ou à tarde, ou então escolhemos apenas alguns dias que desejamos. Fazendo as contas se eu colocasse o meu filho na creche nas mesmas modalidades que o tinha em Portugal em média por mês seria umas 700 £. Valor que acho extremamente alto porque tenho sempre em comparação com Portugal. Em termos de actividades, não me posso queixar. São extremamente ricos: desde visitas a zoológico, à polícia, bombeiros, jogos didáticos, canções tradicionais etc. Há ajudas para pagarem os infantários, em regra geral dão-nos 15 horas por semana de forma gratuita, mas a criança tem de ter mais de dois anos, coisa que falta apenas dois meses para acontecer.

Tinha que resolver esta questão do infantário, até que descobri que em UK há umas pessoas que tomam contam dos miúdos em casa, as nossas amas em Portugal, ao qual aqui se chamam childminder. Um pouco mais barato, um ambiente mais familiar e com actividades diferenciadas. Como qualquer mãe, tive receio colocar o meu filho numa estranha. Mas, aqui essas childminders têm avaliações surpresa de um organismo e da própria câmara. Avaliações essas a que temos acesso. É certo é apenas um papel mas acaba por tranquilizar uma mãe. Assinamos contrato com estas pessoas, para estas darem conhecimento à câmara. O contrato fica tudo explicado horários rescisões, preços e férias. Por incrível que pareça a câmara liga aos pais a perguntar a nossa opinião sobre a pessoa que toma conta do nosso filho. Tive a sorte de encontrar uma childminder espectacular, e o meu filho vê-se que a adora. Desengane-se quem pensa que ele fica fechado em casa, nada disso. Todos os dias ela tira fotos das coisas que fizeram. Ou vão ao parque ou vão a grupos que aqui existem específicos para estas childminders levarem os miúdos e assim eles podem jogar futebol, pintar ou cantar.

Para verem o rigor daqui das coisas: o meu filho como qualquer criança ao correr caiu e bateu com a cabeça deixando lá uma marca. Super normal, apesar de estar sempre alerta, uma coisa é acontecer ocasionalmente outra é aparecer regularmente com alguma marca. A childminder explicou-me o que aconteceu, e tive de assinar um papel em que tinha tido conhecimento do acidente, para ela enviar esse papel para a câmara. Estou certa que aqui também existem pessoas a fugirem ao sistema, mas até hoje não tive qualquer razão de queixa e sinto-me segura ao deixar o meu filho. Os pais precisam de trabalhar em contrapartida os nossos filhos precisam de um ambiente inovador e bom para os ajudar a desenvolver, são o nosso mais que tudo! Não é síndrome de emigrante, como eu costumo dizer, mas não será que Portugal neste aspecto não estará muito aquém?

...ora mais uma greve!

Como estou fora do meu país de origem adquiri um hábito há muito de ler alguns jornais online enquanto tomo o pequeno almoço. Sim, eu sei sou uma privilegiada! Mas, já não é a primeira vez que comento cá com os meus botões: "Outra greve?!" Ora é o metro ora é os comboios... hoje não é excepção... Eu percebo o facto das pessoas desejarem lutar pelos seus direitos, mas pergunto-me o efeito que isto terá na vida daquelas pessoas que apenas querem chegar ao seu local de trabalho e não serem descontados por mais um dia de greve dos transportes que utilizam regularmente. 
A greve levará as entidades trabalhadoras a mudarem o seu comportamento face aos trabalhadores? Não pensem que não concordo com a greve, concordo! Mas questiono-me se com esta se obtém o efeito que pretendem, se conseguem levar à sua avante... É certo que calar e consentir também não é o melhor remédio e nem solução. Estou a assistir isto do lado de fora...dirão muitos e que a vida em Portugal está cada vez pior... qual é a vossa opinião?

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Fim de semana em família!

O que há de melhor se não passar o fim de semana em família e com qualidade? Deixo-vos aqui uma sugestão, fazer bolachinhas de manteiga para fazerem com a família toda! Juntem-se com as vossas pessoas e divirtam-se em conjunto. Não pensem na sujidade que o vosso filho possa vir a fazer. Pensem em apenas se divertir. 

Esta ideia das bolachinhas de manteiga retirei de um blogue que sigo assiduamente, se quiserem verificar cliquem aqui.

Aqui fica a receita. 

Bolachas de Manteiga:

500g de farinha sem fermento;
200g de acúcar (aqui roubei um pouquinho, apenas coloquei 170g);
200g de manteiga;
2 ovos.

Juntar o açúcar com a manteiga, ir adicionando os ovos um a um até obter um creme homogéneo e fofo. Depois juntar a farinha, bater tudo muito bem até se obter uma bola de massa consistente. Estender a massa e aqui começa a sua imaginação. Quanto mais fina estender, mais bolachas vai dar. Pode cortar com as formas que desejarmos. Se não tiver em casa nenhuma forma pequenas de cozinha, olhe à sua volta. Um copo de vinho de porto pode ser o tamanho da sua bolacha, e por aí em diante. Outra sugestão que deixo, eu sei que são bolachas de manteiga, mas certamente tem alguns frutos secos do natal, porque não os utilizar?


Podem fazer todas as formas que desejarem, basta terem criatividade. Pode também ser uma sugestão para o dia dos namorados. Porque não? É uma prenda baratinha diferente e que nos adoça a alma! Peço desculpa pela foto. Já só consegui tirar a umas últimas bolachas...



sábado, 1 de fevereiro de 2014

Chá de gengibre

Rendi-me a este chá, e até mesmo ao tempero. Para ser franca em Portugal vi-a isto à venda mas não sabia como utilizar. Em Inglaterra a comida leva muitas vezes esta planta e o sabor é bastante distinto e saboroso. 
O chá é bastante tem um sabor intenso e atenção meninas, segundo alguns nutricionistas é um ótimo remédio caseiro para emagrecer porque ele é um potente diurético e é considerado um alimento termogênico, fazendo aumentar o metabolismo de gordura, fazendo o corpo gastar mais energia mesmo parado.






Indicações para o chá:
Ferva entre 5 a 8 min 1 L de água e junte 2 cm de gengibre fresco. Tape o recipiente onde se está a fazer o chá para o deixar repousar. Depois de morno, coe e voilá! Ando a tomar este chá regularmente, e garanto-vos diurético é mesmo!! Aqui fica a dica! :)

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

A varinha mágica que nada de mágico tinha...

Todos os dias à mesma hora temos um raio de um barulho ensurdecedor no prédio! Todos os dias às 7horas da matina, a bem dizer é o meu despertador. Mas, é um barulho irritante, como se tivessem a furar a parede! Andava a perder a paciência, serão os canos? a conduta interna do lixo? 

Até que hoje encontrei um vizinho e questionei-lhe se ele também costumava ouvir este barulho. Ele afirmou que sim e riu-se. Agora advinhem lá o que é? É a VARINHA MÁGICA de uma das vizinhas! Sim a varinha mágica, que acorda todo o prédio para a sua excelência fazer o seu batido matinal. Nada contra o batido, mas o cagaçal que ela faz, deveria pelo menos colocar um batido em cada porta do prédio como oferenda por todos os dias nos acordar! (Estou a ponderar, fazer uma vaquinha até ao natal e oferecer uma nova varinha mágica :) ).

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Publicidade que me faz rir!

Gosto de uma boa publicidade! Gosto que os meus olhos fiquem fixos a um bom espectáculo de uma publicidade bem conseguida! Não sei se o anúncio que vos vou apresentar já chegou a Portugal, aqui no Reino Unido vi-o ontem pela primeira vez. Acho que está bem conseguido pelo facto de me ter feito parar à frente da TV só para o ver.



Sejam felizes!! :)

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

The Undateables!

The Undateables é um programa que passa no Channel 4 aqui em UK. É fantástico! Em palavras muito escassas são pessoas que vivem em condições desafiadoras e que são muitas vezes consideradas "que não têm direito a uma relação amorosa". No programa reúnem algumas dessas pessoas e retratam as suas tentativas para encontrar o amor. Existem pessoas com autismo, com síndrome de Tourette, etc, mas o que mais gostei foi do retrato de uma realidade, que apenas desejam ser amados e nada mais. 

Houve um rapaz que a falar para a sua amada diz:

"-Eu gosto de ti. Gostas de mim?"
"-Sim, gosto!"
"-Que bom para mim!Fantástico! Podes ser minha namorada? Posso-te dar um beijinho?"

E deram o seu primeiro beijo!! Uma ternura!!


Deixo-vos aqui uma apresentação: 


segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Será menina ou menino?



Quando engravidei há coisa de dois anos atrás, sempre disse que queria um menino! É certo que dizemos sempre que vier o que vier queremos que venha com saúde e que seja feliz, etc... mas eu queria mesmo um menino e quase que tinha a certeza absoluta que carregava no meu ventre um menino. Todas as consultas com os médicos foram uma ansiedade, o danadinho não nos deixava ver o seu sexo. Até que à consulta do sexto mês, o médico lá disse:

"- É uma menina! Não tenho dúvidas!"

Ok, não é o fim do mundo! Mas, queria tanto um menino, via-me com um menino e não com uma menina com laçinhos e sainhas! Fiquei chateada com a genética! Raios!! No sétimo mês fomos fazer uma ecografia morfológica com outra médica, ia eu e o A* no elevador quando eu disse o que me ia na alma:

"- Era tão bom que a médica disse-se que era um menino!"- disse eu com a mão na barriga a olhar para o A*
"- Estás parva? Então se o médico disse que era uma menina!"- o A* a abanar a cabeça a dizer-me que não.

Nessa consulta, estava eu deitada na marquesa quando a médica com uma conversa circunstancial perguntou-nos se já sabiamos qual o sexo da criança etc. Comecei a ver a cara dela estranha e é aí que nós sabemos que se passa alguma coisa, olhamos para o ecrã, mas não percebemos nada. Ela volta a questionar o sexo do bebé, estava branca. Senti suores frios e pensei que alguma coisa se passava mesmo e era  o cair de um sonho. 

"-Tenho a certeza absoluta, o Dr. M* enganou-se, é um menino e não uma menina!"- disse a médica.

Naquela hora chorei de alegria, eu sabia!! Durante este mês que passou apenas consegui comprar uns sapatinhos cor de rosa, era como se eu soubesse que algo se passava. Nem pelo nome que já tínhamos decidido se fosse menina, eu conseguia chamar. É estranho mas é verdade.

Ontem lembrei-me desta história, o meu irmão está para ser pai pela segunda vez e gostava imenso que fosse uma menina!!! O médico da gravidez da minha cunhada é o mesmo e claro ficamos conhecidos pela família aonde ele se enganou. Não fiquei chateada com o médico, os erros acontecem e apesar de ele já fazer isto à imenso tempo, errar é humano e não foi nada de grave! Mas, até hoje ao lembrar-me destes factos todos me lembro da certeza e da convicção que sentia dentro de mim. Será que existe mesmo intuição feminina ou apenas coincidência do acaso ou mesmo um capricho da minha parte por desejar tanto um menino?

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Resultados passatempo MUA



Rufem os tambores! Já temos vencedora! Antes de mais agradeço a todas as pessoas que participaram!
Num universo de 1145 participações (UAU!), a vencedora foi a participação número 346- sorteio via RANDOM.ORG!

Aqui vamos ao nome: 

15/01/2014 20:43:03Carla       Oliveira          Porto Alto          Portugal 



PARABÉNS!! :)

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Uma coisa que me bate no coração!


Não me considero lá muito culta no que concerne ao campo musical... mas atrevo-me a dizer que este cantor é um dos melhores de todos os tempos. Pode ser um devaneio da minha parte ou até mesmo, porque como a música dele marca uma etapa muito importante na minha vida lhe dou muita importância. Faz-me bem ouvir isto! Renova-me a "alma"! Sejam felizes! 




"There used to be a greying tower alone on the sea.

You became the light on the dark side of me.

Love remained a drug that's the high and not the pill.

But did you know,

That when it snows,

My eyes become large and

The light that you shine can be seen."

domingo, 19 de janeiro de 2014

Boa vizinhança!

Hoje fomos presenteados por um festim turco! Amei cada bocadinho! Gosto de experimentar coisas diferentes! No nosso prédio temos uma família turca, a mais novita fez anos, e para se desculparem pelo barulho feito, coisa normal nestas ocasiōes, vieram-se desculpar. Uma das coisas que amo neste país é a multi-culturalidade que se pode encontrar num prédio. Actualmente, num prédio de 8 apartamentos temos: ingleses, portugueses, turcos, e indianos. E desengane-se quem pensa que isto é uma barulheira, nada disso somos todos muito polite





Nota para os meus vizinhos: 

Queridos vizinhos: sempre que quiserem podem fazer barulho, desde que me tragam um destes pratos com estas coisas deliciosas. :-) 

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Ensinar uma criança!

O meu filho hoje está com uma carinha de assustado! Tirei-lhe a fralda e vesti-lhe uns boxers. Anda sempre com a mão no rabito. Alguém com filhos desse lado? Este passo foi fácil para eles? Tiveram assim alguma dificuldade de maior?

O meu pequenito está a crescer!!



terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Passatempo!








Aqui está o primeiro passatempo do ano! Espero que gostem! Como já deu para reparar sou fā dos produtos MUA! E aqui estāo mais três!

O que está em jogo:

1) Lipgloss Sheer Finish- MUA;
2) Blush Perfection cream blusher scrummy- MUA;
3) Palete de 12 cores eye shadow poptastic-MUA.

O que fazer?

A) Colocarem GOSTO na nossa página do Facebook- https://www.facebook.com/pages/Horanet/209636622510761?ref=hl 

B) Preencherem o formulário: 


C) Partilhar passatempo pelos teus amigos no Facebook porque só podes participar 1 vez por perfil;

D) O passatempo começa a 14 de Janeiro 2014 e termina a 22 de Janeiro 2014;

E) Podem participar pessoas com morada fora de Portugal!


Sigam as regras, não gosto de ter de excluir ninguém, é simples! 

Boa sorte!

domingo, 12 de janeiro de 2014

Ler e aprender!




Vou imprimir esta imagem e colocar em alguns lugares estratégicos da casa! :) Bom domingo!

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

And the winner is...

Apesar de já irmos no décimo dia do início deste novo ano, estamos sempre a tempo de sabermos destas novidades. Segundo a Pantone a cor eleita do ano de 2014 é a Orquídea Radiante! Ói! Pois é meninas, a cor eleita por este ano! Sinceramente, gosto!

Imagem retirada do site Pantone






quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Um dos hits do momento!

Sinceramente, ainda não me decidi se gosto ou não gosto. O refrão fica no ouvido, e vocês o que acham?


terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Frase do dia #5

" Nunca se justifique. Os amigos não precisam e os inimigos não acreditam..."


Começar bem o dia!

Bom dia!! Para começar bem o dia nada como recordar boas práticas, para quem passa imenso tempo à frente do computador (como eu)!





segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Compras online

Fiquei fā incondicional! Pela primeira vez, fiz as minhas compras mensais pela internet e a sua respectiva entrega e adorei! Nāo gosto de fazer este tipo de tarefas, e cada vez mais tem vindo a ser difícil arrastar-me até estas grandes superfícies.
Entāo ontem investiguei como estas entregas sāo feitas. O meu eleito foi o asda, que pretence a uma cadeia de hipermercados grande, e prometem os preços mais baixos (caso contrário, devolvem a diferença). 

Foi fácil e eis as minhas conclusōes:

a) não gastei gasolina;
b) não tive de estar em filas de espera;
c) não tive que subir dois lances de escadas enormes vezes sem conta para trazer as compras todas;
d) poupei dinheiro. 

É bem verdade! Poupei dinheiro, coisa que mais me interessa! Apenas comprei o necessário na minha lista, não tive qualquer tentação de comprar o que não devia. Além disso, online consegui comparar muito melhor os preços por litro ou mesmo por quilo, coisa que sinceramente me esqueço diversas vezes quando lá vou fisicamente. Normalmente, por mês gastamos cá em casa cerca de 250£, e este mês foram 190£, o que é uma diferença!Hoje foi um bom dia para as poupanças!

E vocês, já alguém fez este tipo de compras online?


domingo, 5 de janeiro de 2014

Frase do dia #4

É mais a ordem do dia, a ordem de todos os nossos dias. Aqui fica a lista! Sejam felizes, it's so simple!




sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Anima-me a alma!

Andava eu aqui a fazer um zapping na TV, quando passo por aqueles canais de música e estava a dar esta maravilha. Digam lá se isto não dá logo vontade de bater o pézinho? Segundo alguns especialista na matéria no Reino Unido, este videoclip foi considerado o terceiro melhor do século. Não sei se é verdade ou não, mas isto levanta-me o espírito! Ora escutem e analisem lá o vídeo! :)



E tenho de dizer isto: mas que grandes pernas!! Sejam felizes!

Nao chorem... se conseguirem!

É daquelas páginas de internet a que vamos parar nāo sabendo muito bem como. Vi, li e inevitavelmente as lágrimas assaltaram-me os meus olhos!

Deixo-vos um link, visitem! Basicamente, um casal tira as suas fotografias de casamento na sua casa, ironia do destino a mulher vem a falecer deixando o marido e a filha do casal. Pai e filha recriam as fotos do casamento! E mais nāo digo! As lágrimas estāo teimosas! É lindo! Suberbo! 



quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

A simplicidade das coisas!

Tenho uma árvore grande de paisagem da janela do meu quarto. Gosto de acordar abrir a janela, e deitada olhá-la, admirá-la. Agora está despida, tem apenas os seus galhos imponentes elevados para o céu. Os passáros vāo e vêm. Aquilo acalma-me. O meu filho acorda, vou buscá-lo ao seu quarto. Aninho-o na minha cama, e ali ficamos os dois... É a altura do dia que mais amo. Sinto-me bem, sinto-me feliz a lamber e a cheirar a minha cria!

Bom dia a todos! Sejam felizes!

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Fim de ano... Novo ano!

Fim de ano início do novo ano, alturas em que fazemos um balanço do que lá vai, se sonha com o que vem... Promete-se empenhamento, novas etapas queremos alcançar e estamos mais predispostos a fazer planos. Ao contrário de muita gente, a verdade é que não partilho desse entusiasmo. Já fui daquelas que festejava o fim de ano como se não houvesse o amanhã, mas a verdade talvez a vida ou até mesmo a idade, tem-me ensinado que todos os dias são novos e que embora estes dias seja uma justificativa para estarmos em com família e amigos, tal pode acontecer outros dias do ano. 

Ontem analisava com o meu mais que tudo as nossas passagens de ano que temos tido desde que nos juntamos, e de ano para ano têm sido bastante diferentes. Quando digo diferentes, é pelos elementos do grupo que os compõe. Somos um casal, que não e muito avantajado no que concerne às amizades. Temos muito poucos amigos, e quero crer que os que temos são verdadeiros... pessoas que vão e vêem, que nos magoam que nos desiludem e por isso mesmo passam do nosso grupo de amigos, de nossos frequentadores de casa para umas pessoas quase estranhas e que se troca umas pequenas palavras de ocasião. 

Este ano, fui tudo diferente. Chegamos à conclusão que quase ideal. Passamos os três, a nossa família. E se há uns anos havia a necessidade de ter trinta pessoas em casa, agora apenas tenho a necessidade da minha família, dos meus dois homens. Curioso como as nossas necessidades mudam. 

Quero com tudo isto dizer, que o melhor, na minha modesta opinião, é que haja esta euforia do ano novo, todos os dias. Não pensem que tenho uma vida cor de rosa, tenho as minhas desilusões, sonhos, tristezas! Mas, também tenho alegrias e conquistas. E sabem uma coisa? Se aquilo que tanto desejam não o conseguirem por determinado caminho... parem! Escutem o vosso coração e sigam por outro caminho, e vão ver coisas boas virão e até mesmo esse sonho! Profético?! Enganador?! Nãa! Experimentem isto todos os dias deste ano e não se esqueçam sejam felizes!

Frase do dia #3


"Interessa-me o futuro porque é o lugar onde vou passar o resto da minha vida." - Woody Allen.