domingo, 27 de outubro de 2013

Pensamento do dia!

O segundo sintoma da morte de nossos sonhos são as nossas certezas. Porque não queremos olhar a vida como uma grande aventura a ser vivida, passamos a nos julgar sábios no pouco que pedimos da existência. E não percebemos a imensa Alegria que está no coração de quem está lutando."


Sejam felizes! :) 

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Não percebo o espanto!

Bem hoje foi um dia para me "entupir" dos programas da tarde na televisão portuguesa! Normalmente não costumo ver, mas sinceramente não sei o que me deu. De certo, houve momentos que tive de mudar de canal porque estava a começar a sentir o meu cérebro a parar! Entendo que este tipo de programas têm um público alvo e certamente a audiência é estudada. Mas, o que me admira e até me causa estranheza é o seguinte: as pessoas ligam para um determinado número para se habilitarem a uma determinada quantia, até aí tudo bem.
Depois há o telefonema, a pessoa atende e ouve-se a televisão da mesma aos berros e percebe-se que está a ver o mesmo programa de televisão e ainda dizem que não sabem quem está a falar e estão assim nesta coisa uns segundos! Será que não sabem ou estão a fazer tempo para cair a ficha!? Não entendo, porque se ligaram é porque querem ganhar, logo naquela hora é normal que estejam atentos aos telefones, certo? É como ir jogar no euromilhões ter a taluda vencedora e nunca ir verificar o mesmo!! Esta situação aconteceu nos dois canais, e depois o que me causa estranheza "Ganhou 5000€!", diz a apresentadora e a resposta que se ouve do outro lado "Ah é bom!". A apresentadora ainda não contente "5000€ é bom! Gosta? Está contente?" devia estar a implorar por uma reação entusiástica do outro lado! e ouve-se "Sim..." Peço desculpa, mas se fosse eu, qualquer quantia que viesse era bem vinda! CINCO MIL EUROS? Viessem eles! Será que as pessoas andam assim tão apagas de emoções?  Porque é estranho o mesmo comportamento de duas pessoas diferentes em dois programas diferentes, e com quantias similares e as elas não se alegrarem.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Pensamento do dia!

"Não se deixe levar pela distância entre seus sonhos e a realidade. Se você é capaz de sonhá-los, também pode realizá-los." (William Shakespeare)




terça-feira, 22 de outubro de 2013

Bem... e tudo aqui é ao contrário!!





Conduzir aqui é um tormento! Tudo fica do lado oposto a que estamos habituados, desde a entrada no carro, a entrar numa rotunda, à posição dos carros na estrada, ao atravessar uma passadeira, ao colocar mudanças [com a mão esquerda!] e imaginem a ultrapassagem pela DIREITA! Em Portugal ultrapassamos pela esquerda e quem vai com uma marcha mais lenta fica do lado direito, aqui é ao contrário. E digo-vos conjugar isto tudo a conduzir não é fácil e como tal não estou a gostar da experiência! E estar a ouvir constantemente o A* a dizer "CHEGA-TE PARA AÍ!" enerva qualquer santinho! Claro que o professor não é daqueles com paciência e com ponderação, e por isso vou ter que contentar-me com duas coisas: com os berros do A* "MAS TU NÃO VÊS? METESTE A QUARTA EM VEZ DA SEGUNDA!"; e por último, bem mais agradável quando quero ir a algum lado nada como chamar um táxi e não ter que me chatear! Mas, vos digo desistir não o vou fazer e principalmente não dar espaço para aquelas piadas de mulher ao volante blá blá



segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Viciados?

Ontem dei por mim a constatar um facto sobre uns colegas nossos e estou a um passo de pensar que tenho razão e que isto existe mesmo! Ora pensem lá comigo... é um casal de namorados e vivem juntos há algum tempo, travamos conhecimento com eles ainda em Portugal e a nossa relação passava por alguns jantares, cafés e conversas de circunstância. Eles num espaço de dois anos mudaram três vezes de casa, ora era por causa do preço, ora por causa do espaço, etc etc. Inclusivamente o meu mais que tudo chegou a ajudar nestas mudanças. 

Para vos ser sincera, troquei de casa uma vez e tive muita sorte pois devido ao meu trabalho quem tratou de tudo foi o meu namorado, e basicamente o trabalho que tive foi a organizar algumas coisas na nova casa. Aquela coisa de encaixotar, embrulhar colocar no carro não passei nada por isso o que me agradou especialmente! 

Voltando aos nossos colegas eles tal como nós, bem como a maioria dos nossos colegas, tornaram-se emigrantes. Estão no novo país há quase uma ano, e agora é que vem a questão... Já mudaram de casa duas vezes e estão a preparar-se para mudar OUTRA VEZ! Será que dá algum tipo de adrenalina mudar de casa, ou gozo de andar a encaixotar tudo acartar as coisas para o carro, tirar do carro? Eles já devem fazer aquilo com uma perna ás costas com tanta experiência nas mudanças, ou será que chegam a desencaixotar as coisas? É certo e concordo que procurem por coisas melhor, mas não deixo de achar estranho! O que me levou a constatar, será que estão viciados em mudar de casa?

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

My name is Khan!

Hoje apresento-vos um dos melhores filmes que vi na minha vida! É um filme que foge de longe ao género de filmes que gosto de ver, é caracterizado por ser um romance político e é indiano. Em linhas gerais é uma história de amor que vence todas as barreiras e preconceitos. Podia aqui contar-vos a história toda, mas não o vou fazer. Arrisquem vejam um filme de Bollywood e de certeza que não se vão arrepender.Só vos digo isto My Name Is Khan (Meu Nome É Khan – 2010) está em 11º lugar na lista dos filmes mais assistidos em toda a história do cinema indiano, levando-se em conta a inflação. No 56th Idea Filmfare Awards, ganhou os prêmios de melhor diretor (Karan Johar), ator (Shahrukh Khan) e atriz (Kajol). No Zee Cine Awards ganhou os prêmios de melhor diretor (Karan Johar), ator (Shahrukh Khan), estória (Karan Johar e Shibani Bhatija) e cantora feminina (Richa Sharma, pela música Sajdaa). Em baixo, deixo-vos o trailler do filme! Sejam felizes vão amar este filme!




segunda-feira, 14 de outubro de 2013

"Ááággguaa!" - a primeira palavrinha!!

Como vos disse à uns tempos atrás, tenho um filhote (lindo!) que passando o cliché é tudo para mim. Neste momento está com quase 18 meses e tem tido um desenvolvimento consoante o médico, visto não ter nenhuma experiência anterior com crianças, bastante boa. Com um filho tudo muda, damos pulos de alegria ao ver o primeiro dente, festejamos pelo primeiro Gu-gu-Dá-dá, e tudo o que é novo que ele faça pedimos vezes sem conta que ele o repita! 
"-Diz água, amor!
-Ááággguaa! (risos)" 
E ficamos nisto vezes sem conta até ele se chatear e resmungar. Ainda diz (muito) pouca coisa, e a primeira palavrinha foi água, nada de mamã e papá (e acreditem não foi por falta de tentativas!). Rapazinho com muita personalidade já diz que não e faz teimas com aquilo que não quer ou não lhe apetece. Hoje, foi mais uma dessas "descobertas/birras". Por mais estranho que pareça dei por ele a resmungar com a fatia de pão de forma que lhe passava para a mão. Estranhei. Ele sempre gostou de pão e estava com fome, apontou para o pão e reclamou! Insisti. Quando assisto ao meu filho a apontar para a crosta do pão e a berrar "-CÁ! CÁ!"  Quando percebi...o meu filho queria que eu tirasse a parte de fora do pão de forma, uma criança com meses!! Muitos devem pensar, e? Acreditem quem tem filhos vai-me perceber...Estranho e ao mesmo tempo fascinate o desenvolvimento de um ser que nasce tão indefeso e que de dia  para dia vai desenvolvendo tendo nós a responsabilidade de o fazer crescer bem (seja lá o que for isso, sou da opinião que no que respeita às educação das crianças há ainda muito a descobrir).

Aqui vos deixo uma foto do meu tesouro a fazer uma coisa nova, dar beijinhos! E acreditem é uma das coisas mais ternurentas e que nos aquece o coração, um abraço e um beijo do nosso filho! Haverá coisa melhor? Ah! não se esqueçam de ser felizes!! 


sábado, 12 de outubro de 2013

Férias... 2014!!

Sim é verdade! Leram bem, férias de 2014... Algumas pessoas estão a acabar de sair de férias e eu a pensar nas do próximo ano?! Ah pois é! Eu este ano não tive férias e por isso já ando ansiosa pelas do ano 2014!! Ainda não fiz uma busca assim muito exaustiva mas gostei muito dos preços de uma companhia de low cost easyJet (nota: não estou agregada a nenhum tipo de empresa que me paga, para eu falar bem ou até mesmo publicidade, nada contra de quem o faça). Preços atrativos, datas bem alargadas e sinceramente agora estou com dúvidas do destino que quero ir. 

Podem estar a pensar que estou louca com a crise que está instalada devo ser uma felizarda por poder viajar. Pois bem, considero-me realmente afortunada tenho saúde, uma família feliz e principalmente no que consiste ás economias era capaz de dar umas lições aos nossos governantes! Sempre fui habituada a poupar, a ter consciência que se ganho 100 apenas posso gastar 90! É claro, que nem todos os meses são iguais e obviamente que existem contratempos que temos de ir surripiar às poupanças. Mesmo quando vivia em Portugal sempre tive esta filosofia mas compreendo que com os cortes que estão a surgir é cada vez mais difícil pensar assim. Lembro-me que quando olhava para o meu recibo e via os descontos que estava a fazer...pensava que estava a descontar para uma reforma que não sei se ia existir e estava a colocar o MEU dinheiro nas mãos de quem não o sabe gerir! Acreditem, não é conversa de emigrante, nem tudo é fácil por aqui, e quem me diga que abandonei o meu país e que me ando a sacrificar mais aqui do que no meu país é porque não me conhece, qualquer dia farei um post para vos mostrar aqui as diferenças no que concerne às ajudas que o estado nos dá.

Assim sendo, estou capaz de afirmar que para o ano de 2014 além de ir a Portugal vou a outro país que ainda não escolhi para umas férias apenas a dois, pois o filhote irá ficar com os avós! Agora falta escolher o destino e comprar as viagens e aproveitar estas promoções! E agora França, Noruega, Bélgica, Holanda... Ai ai ai! Aceitam-se sugestões!


Pessoas cínicas VS Sanidade mental

O cinismo foi uma corrente filosófica fundada por um discípulo de Sócrates, chamado Antístenes, e cujo maior nome foi Diógenes de Sínope, por volta de 400 a.C., que pregava essencialmente o desapego aos bens materiais e externos. O termo passou à posteridade como caraterização pejorativa de pessoas sem pudor, indiferentes ao sofrimento alheio (que em nada se assemelha a origem filosófica da palavra).

Porque procurei o significado de cinismo? Ora bem, talvez para entender um pouco, para conseguir ponderar e até para conseguir ultrapassar estas pessoas que teimam em aparecer na minha vida! Não me considero cínica muito pelo contrário, sou descontraída preocupada com o bem estar do outro e principalmente gosto que as pessoas se sintam acolhidas! Também não sou capaz de dizer que nunca usei desta arma para afastar algumas pessoas ou mesmo porque não queria pura e simplesmente ser simpática! Mas, acho (e acreditem tenho a certeza absoluta) que existem pessoas que desde o bom dia à boa noite são cínicas! O querer parecer quando não se é, forçar uma situação para ser aceite ou mesmo para se fazer notar como a menina que está a tentar ganhar a simpatia, ou então estou para aqui a ser cínica e sou uma coitadinha!
Ando a ficar um pouco chateada com este tipo de pessoas, é certo que me dirão,"Tens de ser superior!Não vale a pena! Blá Blá" Eu sei disso tudo mas há dias que nem tomando litro de chá de camomila que o nosso sistema de nervoso não se altera! Agora experimentem viver com essa dita pessoa! Sugestões para não darmos ouvidos ao nosso ego destrutivo e colocar os nossos músculos em ação? Respirar fundo dizer bom dia e passar à frente e sonhar que um dia, apenas um dia o teu desejo apanhe forma e a máscara dessa pessoa caia!